[ editar artigo]

3 dicas para manter seu negócio

3 dicas para manter seu negócio

1. Tenha fornecedores pontuais

Já aconteceu com você, eu aposto. Tem uma confeitaria maravilhosa, eles fazem seu doce favorito. Ninguém faz como eles, ou talvez até façam, porém você nunca quis sair procurando em todas as confeitarias da cidade por isso, você quer aquele doce. Só que a confeitaria está sem um dos ingredientes há dias, e não pode mais fazer teu doce favorito. Você já tentou ao menos quatro vezes, e infelizmente não têm. Por fim, acaba conhecendo outras opções de doces em um novo lugar que saciam tua vontade. Talvez, você volte àquela confeitaria para procurar esse doce em uma ocasião especial? Talvez. Mas por um problema com fornecedor eles acabaram perdendo um cliente fidelizado. Porque quase ninguém entra numa confeitaria e leva apenas um doce, geralmente acabamos pegando mais coisas no caminho. Os empresários perdem um fornecedor e com isso um produto, ocasionando na possível perda de um cliente. É importante manter network com diversos fornecedores, porque às vezes um produto, que pode nem ser o carro chefe do seu estabelecimento, funciona de forma magnética, atraindo clientes para sua empresa.  

2. Conheça a concorrência

Seu serviço é excelente. Provavelmente é melhor em qualidade ou preço do que seu concorrente. Então, o que faz com que os consumidores prefiram o dele e não o seu? Um exemplo: Embora o teu estabelecimento esteja localizado na melhor avenida da cidade, não possui um estacionamento próximo, impossibilitando a comodidade que parar próximo ao local e transportar os produtos rapidamente proporciona. Não há como saber o diferencial de outro lugar sem experimentar. Por isso pesquise e esteja sempre atento à concorrência. Onde eles vendem? O que vendem? Como vendem? Para quem vendem? E finalmente entendam o porquê eles vendem tanto ou tão pouco.

3. O cliente nem sempre tem razão

Não estamos dizendo que o cliente nunca tem razão. Mas na maioria das vezes o cliente não sabe o que busca. Todas as pessoas são dotadas de desejos, o dever da publicidade é fomentar produtos e serviços para sanar esses desejos. Por isso é importante que o empreendedor tenha autonomia para divulgar a sua ideia no mercado, ou para modificar alguns de seus produtos baseados em pesquisa. Se você detecta um problema e consegue encontrar uma solução viável para ele através do seu serviço e encontrou pessoas dispostas a pagar por isso, aposte nisso. Mesmo que seja algo aparentemente fadado ao fracasso. Um exemplo disso seria a ousadia que os criadores do Whatsapp tiveram por lançar um serviço de mensagens para resolver o problema de SMS das operadoras de telefonia móvel que não funcionava de forma otimizada. Parecia ter tudo para dar errado, por já ser um serviço existente, porém em 2016 o Facebook anunciou o pagamento de 19 bilhões por essa ideia. Então se você tem uma ideia forte e um mercado disposto a consumi-la confie em sua ideia. No mundo do empreendedorismo nada se perde, toda falha torna-se um conhecimento adquirido para a próxima vitória.

Comunidade Empreendedora
Projeto Jovem Empresario
Projeto Jovem Empresario Seguir

Projeto Jovem Empresario

Ler matéria completa
Indicados para você