[ editar artigo]

A importância da programação em sua vida!

A importância da programação em sua vida!

Saber desenvolver aplicativos para a Web, ou computador,  e até mesmo para um celular é considerada por especialistas da área de informática como a habilidade do século XXI.

“Quanto mais cedo, mais fácil de assimilar”, disse à BBC Brasil a britânica Stephanie Shirley, de 84 anos, um dos ícones da tecnologia da informação. Ela sugere que crianças a partir de dois anos já sejam apresentadas às idéias básicas por trás da programação,  pois atualmente elas já nascem mexendo em um celular, computador, tablets, etc... muitas vezes até melhor que nós e introduzir as crianças aos conceitos básicos de programação mesmo sem a necessidade delas saberem uma linguagem de programação, é fundamental porque ajuda a desenvolver o raciocínio lógico das crianças, dos jovens, adultos e até ajudam os idosos a não terem perca de memória .

No Brasil, a informática não faz parte do currículo escolar obrigatório. Estamos atrás de países como Finlândia, Austrália, Inglaterra, Japão e Estônia, onde crianças com 6 e 7 anos de idade já entram em contato com os fundamentos de codificação. “O alfabetismo digital está sendo a habilidade do século XXI e as pessoas que não aprenderem hoje serão consideradas analfabetas no futuro”, disse à BBC Brasil Shirley, na mesma semana em que recebeu o título de Dama Honorária das mãos da rainha Elizabeth II, no Palácio de Buckingham, em Londres - Inglaterra. Elas não serão analfabetas no futuro, porque o futuro é hoje e neste instante o analfabetismo digital tem crescido exponencialmente. 

Muitas crianças podem ter sim a facilidade em mexer em eletrônicos , a chamada "Geração Z", ou os chamados “nativos digitais” como batizou o escritor americano Marc Prensky  mas , isso não significa que elas estejam preparadas para serem produtoras de tecnologia, mas apenas consumidoras da tecnologia.

“Jogar, digitar, mandar mensagens não torna alguém fluente em computação e muito menos um "sabe tudo" sobre segurança que elas devem tomar ao utilizar o celular ou o computador. As crianças, hoje em dia, tem familiaridade em usar as novas tecnologias, mas não em criá-las. É como se elas pudessem ler, mas não escrever”, afirmou Mitchel Resnick, professor do MIT.

É preciso encarar com cautela, no entanto, sugestões como a de Shirley. A ideia não é impor um computador e códigos complexos a crianças, mas sim apresentar, de forma lúdica e divertida,  a lógica da linguagem baseada em comandos.

Para especialistas, saber programar será tão importante para a próxima geração quanto dominar uma língua.
Segundo ele, brincadeiras simples podem apresentar conceitos de codificação com criatividade. “A criança pode brincar de ser robô dando ordem uma para outra. Ela pode dar uma série de comandos para a mãe chegar até a geladeira: anda dois passos para a direita, depois dá dois passos e vira para a esquerda. Você está usando conceitos de programação sem necessariamente estar no computador”, sugere.

Ou seja, saber programar será tão importante quanto o domínio de uma língua, independente de a pessoa trabalhar na área de informática, arquitetura, panificação, contabilidade, medicina ou direito, por exemplo.

“Aprender a ler e escrever é uma coisa importante para a vida das pessoas. Isso não significa que todo mundo que aprende a escrever será um escritor profissional. Mas é importante ganhar fluência”, afirma Burd, do MIT.

Para saber mais sobre o ensino de tecnologia para as crianças, entre em contato com a Hope School!

Comunidade Empreendedora
Jean Alex Marcondes Maraschin
Jean Alex Marcondes Maraschin Seguir

A Hope Latin America School, é uma escola de ensino de tecnologia para crianças a partir dos 05 anos, jovens adultos e melhor idade 65+

Ler matéria completa
Indicados para você