[ editar artigo]

Setembro Amarelo e o Empreendedorismo: o que eles têm a ver?

Setembro Amarelo e o Empreendedorismo:  o que eles têm a ver?

Estamos finalmente em setembro, mês que marca o movimento de prevenção ao suicídio promovido pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), pelo  Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). E assim como outros profissionais, os empreendedores não estão isentos de passar pela depressão, ansiedade e pânico, doenças que podem levar ao suicídio.

Enquanto empreender para muitos é uma válvula de escape para essas doenças, para muitos empreender não é o bastante para superar as doenças que são consideradas o mal do século. 

Segundo uma pesquisa da Universidade da Califórnia realizada esse ano, os empreendedores  são mais suscetíveis a desenvolverem essas doenças. Segundo a pesquisa os empreendedores têm:

  • 50% mais chances de ter problemas mentais

  • 2 vezes mais chances de sofrer de depressão

  •  6 vezes mais chances de ter TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade)

  •  3 vezes mais chances de fazer abuso de álcool e drogas

  •  10 vezes mais chances de desenvolver bipolaridade

  •  2 vezes mais chances de experimentar pensamentos suicidas

  •  2 vezes mais chances de ser internado num hospital psiquiátrico

 

Num momento em que os negócios funcionam 24h por dia e a tecnologia não nos deixa pregar os olhos, ao trazer ao contexto brasileiro, esses números poderiam ser ainda mais assustadores. As oscilações no mercado, na política e os novos comportamentos sociais, podem abalar o empreendedor e o seu negócio facilmente. Assim, observe algumas dicas para passar por tudo isso numa boa. 

Priorize seu sono, sua alimentação… sua saúde! 

Reserve um tempo para se dedicar a você. Defina um horário para trabalhar mas também para descansar e quando estiver descansando, desconecte, durma e se alimente bem. 

Medite e reflita 

Momentos de meditação e reflexão além de poder te dar novas ideias para o seu negócio mas também conexão consigo mesmo. Assim, reserve um tempo para estar sozinho, para pensar ou não pensar em absolutamente nada. Priorize momentos de silêncio. 

Na dúvida, procure ajuda! 

Caso você tem se sentido pra baixo sem motivo aparente, se você não vê mais graça nas coisas em que fazia e sem motivações, procure ajuda! Previna-se pois há oportunidades grandiosas no seu caminho, mas para alcançá-las você precisa estar bem! 

 

Comunidade Empreendedora
Daiane Pereira
Daiane Pereira Seguir

CEO da Comunidade Empreendedora , Administradora, com especialização em Marketing Digital pela faculdade de marketing em São Paulo, empresária sócia fundadora do projeto Jovem Empresario, atual nas áreas de consultoria e marketing de relacionamento.

Ler matéria completa
Indicados para você