[ editar artigo]

Viciados em MVP? Nós também: conheça os motivos.

Viciados em MVP? Nós também: conheça os motivos.

Todo mundo que resolve empreender e entra no mundo dos negócios mais cedo ou mais tarde será questionado por alguém sobre o seu MVP. Os empresários são viciados em MVP? Nós também: conheça os motivos.

MVP é a sigla em inglês para Minimun Viable Product ou, traduzindo, produto minimamente viável. Mas o que isto quer dizer? Nada mais é do que um protótipo construído conceitualmente sobre o seu produto ou serviço levantando todos os custos do processo para otimizar o preço final, ou seja, tornar o preço o menor possível.

Para que serve um MVP? Um MVP serve para estimar qual será o preço final do seu produto ou serviço a fim de avaliar se o mesmo apresenta viabilidade para concorrer no mercado e também poder estimar, dada um investimento para produção em escala, qual será o ROI (Return over investiment) retorno sobre investimento.

 

Resumindo, o MVP é o principal resultado que você deve apresentar para poder estabelecer os critérios necessários de concorrência de mercado e potencial de investimento da sua startup ou novo negócio. Com ele dá para saber se o seu negócio irá prosperar ou fracassar. Para uma empresa de tecnologia, MVP é quase que requisito obrigatório para lançar uma startup no mercado.

 

Para o mentor do Projeto Jovem Empresário Luciano Kalil, CEO da empresa beracode, startup de tecnologia, foi fácil adquirir este vício. “O processo de construção do MVP é onde o empreendedor da área de tecnologia investe toda a sua criatividade e o seu diferencial... É onde você mostra para o que veio.”. E entregar o melhor de si construirá um MVP que evidenciará todo o potencial do seu produto ou serviço no mercado.

Empolgante, o processo de criação do MVP é também o processo de depuração de ideias. “É onde você arruma a casa para se preparar de fato para o mercado... sem um MVP dá para saber se sua ideia é boa ou não, mas com o MVP dá para ter certeza se a sua ideia vai pra frente.”

 

Para o mentor João Baggio, o MVP é o processo não somente de desenvolvimento do produto, mas de desenvolvimento pessoal do próprio empreendedor. Empreendedor do setor da construção e com a sua formação voltada para a gestão de recursos humanos, João Baggio aponta que “o MVP é o momento ideal para os empreendedores descobrirem os seus pontos fortes e fracos no negócio. É o momento de se aprimorarem e buscarem conhecimentos para suprir as suas deficiências.”

 

João Baggio ainda complementa que o MVP também é decisivo para a tomada de decisão do empreendedor em investir no novo negócio. “É no MVP que o empreendedor descobre o tamanho do trabalho que vai dar, e se ele está preparado e disposto para encarar isto.”. Se o empreendedor ainda não estava muito seguro de si, depois do MVP a decisão está tomada, ou a empresa cresce, ou ela não sai do papel.

 

Por isto o MVP é tão importante (e viciante) no ecossistema empreendedor. Quem já desenvolveu o seu coloca em prática toda a sua capacidade de trabalho e demonstra que está preparado para o mercado. Para o investidor, é o MVP que vai determinar a atratividade de investimento do seu negócio. Por isto, a construção de um MVP tem que ser levada muito a sério.

 

Construa o seu MVP. A Comunidade Empreendedora tem os melhores mentores com as melhores experiências para compartilhar com você. Participe agora e trabalhe o perfil empreendedor para o seu negócio. E aproveite, quanto mais você trabalhar pelo seu negócio, maior será a sua recompensa.

Aproveite também a parceria com nosso ecossistema empreendedor, compartilhe agora e comece a colher as recompensas de ser um membro da Comunidade Empreendedora

 

Comunidade Empreendedora
Projeto Jovem Empresario
Projeto Jovem Empresario Seguir

Projeto Jovem Empresario

Ler matéria completa
Indicados para você