[ editar artigo]

Você é um "Bolheiro"?

Você é um

 

Vivemos em Bolhas, isto é fato.

As Bolhas são espaços não-físicos delimitados por crenças e conhecimentos que formam uma cultura que é vivida, pensada e divulgada por um grupo de pessoas que fazem parte deste espaço.

Sabe-se que existem muitas bolhas: a bolha da galerinha da inovação-coworking-startups, existe a bolha do pessoal permacultura-sustentabilidade-orgânicos, a bolha do futebol-novela-BBB - e tantas outras que nem vou desperdiçar palavras as descrevendo - mas também existem aqueles que transitam por todas estas bolhas, os viajantes bolhísticos, os bolhonautas do mundo. Eu os chamo de “Bolheiros”.

Bolheiros são pessoas que observam e absorvem.

Observam as bolhas de fora, analisam o comportamento dos integrantes da bolha, verificam a veracidade dos fatos (por não estarem envolvidos na bolha, conseguem ter um juízo melhor, mais imparcial), e aí decidem entrar na bolha. Ao entrar na bolha, ABSORVEM a cultura interna, mesclando os conhecimentos com os já adquiridos de outras bolhas, e por fim, catalisam transformações por onde passam, pois conseguem ter uma visão sistêmica de situações.

Bolheiros são complexos.

Muitas vezes, Bolheiros podem ser considerados um pouco esquizofrênicos: fazem parte da bolha do futebol de quinta e ao mesmo tempo do clube de crochê. Para os bolheiros, não existe limite, não se trata “disso ou disso”, mas sim “disso e disso”. Como são interessados por (quase) tudo, a maioria das pessoas com pensamento linear e lógica simples não entendem que esta complexidade torna os Bolheiros extremamente resilientes e empáticos.

Bolheiros são incansáveis e incontroláveis.

Bolheiros já ouviram frases como: “Mas péra, quantos anos você tem mesmo?” ou “Como você consegue fazer tanta coisa?” e também “Só se lembre que quem faz de tudo, não faz nada bem feito…”. Sim, Bolheiros não conseguem controlar sua fome de conhecimento e não se cansam enquanto não encontram respostas ou conectam pontos entre conhecimentos de várias bolhas.

Bolheiros são de lugar nenhum e de todos os lugares.

Vivem em busca de novidades, se envolvem com muitas atividades diferentes em diversas bolhas, são conhecidos em todas as bolhas mas não fixam raiz em nenhuma bolha. São nômades, acrescentando apetrechos em seus cérebros por cada bolha que passam.

Bolheiros são as pessoas mais criativas, articuladas e inovadoras que você irá conhecer.

A palavra principal que define um Bolheiro, é conexão. Conectam conhecimentos, pessoas, ideias, sentidos, enfim, tudo junto ao mesmo tempo, e em momentos improváveis. São ágeis no pensamento, e geralmente pensam no coletivo, criando pontes e oportunidades para todos ao seu redor.

Para se tornar um Bolheiro é fácil: basta se despir de preconceitos, experimentar coisas novas todos os dias, e buscar olhar ao redor, e não apenas para o próprio umbigo. Não é nada fácil e nem rápido, mas o princípio de tudo está aí.

Você é, ou conhece algum Bolheiro? Comente aqui, pois quando Bolheiros se unem, acontecem revoluções!

Continue acompanhando meus textos sobre futurismo e empreendedorismo por aqui, e também curtindo e seguindo minha FanPage no Facebook: https://www.facebook.com/Futuronauta.DanQueirolo/

Comunidade Empreendedora
Dan Queirolo
Dan Queirolo Seguir

Futurista, Especialista em Coworkings e Consultor de Negócios. Ajudo pessoas a prepararem suas carreiras e negócios para o futuro, e empreendo na área da educação, criando cursos e programas com metodologias inovadores.

Ler matéria completa
Indicados para você