[ editar artigo]

O QUE EU PRECISO FAZER PARA COLOCAR A MINHA IDEIA NO PAPEL.

O QUE EU PRECISO FAZER PARA COLOCAR A MINHA IDEIA NO PAPEL.

Você já deve ter procurado e encontrado muito material na internet sobre como tirar a sua ideia do papel, mas na verdade o que muitos empreendedores precisam no começo de sua jornada é justamente COLOCAR as suas ideias no papel. 


Pode parecer estranho, mas escrever as coisas no papel pode ajudar a organizar a nossa confusão mental. Quando tudo ainda está na nossa cabeça fica mais difícil ligar os pontinhos e, principalmente, organizar como será o fluxo do processo. 
 
Nesta confusão, não fica claro para o empreendedor iniciante qual deve ser o primeiro passo a se tomar, ou qual é o rumo que deve dar para que a sua ideia vire um negócio. 
 
Por isto disponibilizamos para você um ROTEIRO DEFINITIVO de como você pode colocar as suas ideias no papel para que isto vire de fato um negócio, 

 e para isto vamos usar uma metodologia inovadora de CANVAS, adaptada para startups e baseada nas estratégias de marketing digital. 
 
O modelo CANVAS adaptado para startups foi criado para tornar o processo de ideação mais flexível, onde você não precisa pensar o negócio como um todo neste primeiro momento. O objetivo é você VALIDAR A SUA IDEIA ANTES de partir para a construção do seu negócio. 
 
 
O modelo que apresentamos para você, empreendedor, é bastante simples. Vamos explicar cada um dos passos para que você possa colocar a sua ideia no papel. 
  
PRODUTO 
Todo a estratégia de qualquer negócio gira em torno do produto ou serviço que a sua empresa comercializa. Se você tem ideias para muitos produtos, repita este processo para cada um deles. É muito importante que a sua estratégia seja bem específica para cada um deles, porque podemos estar falando para consumidores diferentes. Igual na indústria automobilística, cada carro atende a um segmento de mercado e um público específico, portanto, os detalhes fazem a diferença. 


 
DATA 
A data é o prazo no qual você quer colocar a sua ideia em prática. Claro que você terá muitas etapas para percorrer antes de atingir este objetivo, masquando colocamos um prazo sabemos que temos uma meta para atingir. Se o empreendedor não colocar prazo em suas ações, terão ideias que nunca sairão do papel. 
 
OFERTA 
A oferta é a estraégia de abordagem que você irá utilizar para chegar no seu potencial cliente e chamar a atenção para os eu produto. Estude bastante a concorrência, a sua oferta deve ser melhor. 
 
INCÔMODOS 
Pense em todas as situações possíveis que o seu público possa ficar incomodado com alguma situação que não tenha ainda a sua solução. A tendência da decisão de compra é sempre prioritária por algum produto ou serviço que possa solucionar um problema ou uma dor. Solucionar as dores do cliente vende mais que oferecer benefícios. 

 SOLUÇÕES 
Pense detalhadamente em como o seu produto ou serviço é uma solução para os incômodos e as dores que você definiu anteriormente. Seja o mais detalhista e específico possível. Se você não conseguir pensar nas soluções que o seu produto apresenta ficará mais difícil convencer o seu cliente a comprar a sua ideia lá na frente. Para que a sua ideia dê certo, a sua solução precisa ser rápida, objetiva e acessível. Se você trabalhará com concorrência, sua solução tem que ser melhor que a dela. Se você trabalhará num mercado novo, sua solução precisa ser necessária.  
 
HISTÓRIA 
As pessoas tendem a ter um apego maior quando se identificam com alguma história, portanto, conte uma história sobre o seu processo de ideação. Muitas vezes o incômodo que leva o empreendedor a propor a solução de um problema se assemelha ao incômodo que o público tem. Com a sua história você pode criar uma identificação do público com a sua solução. 
 

 TRANFORMAÇÕES 
É importante que o seu produto ou serviço realize alguma transformação significativa na vida das pessoas, por isto ideias inovadoras tem um apelo maior ao público, porque realizam também alguma transformação nova, ainda não experimentada. Torne as transformaçãos algo importante para o seu produto ou serviço. 
  
OBJEÇÕES 
Nenhuma ideia é perfeita, e isto é uma coisa que a maioria dos empreendedores também precisa aceitar. Você não deve tentar convencer o seu cliente de que o seu produto é perfeito, você deve convencê-lo que o seu produto ou serviço é o melhor para solucionar o problema, mesmo que o produto tenha algumas limitações. Lembre-se, a limitação é uma coisa que o cliente pode aceitar no seu produto, agora, a frustação não. 
 
CONTEÚDOS DE QUALIFICAÇÃO 
Pense em aspectos positivos e que enaltecem a qualidade do que você está propondo. Pense em todos os níveis de detalhes e o quanto você quer trabalhar em cada um destes detalhes. Quanto maior a qualidade e mais detalhada a proposta, maior será a quantidade de informações que você terá para definir o nicho de mercado, o levantamento de custo, a estimativa de preço, o tempo de desenvolvimento do produto, entre outros. 

 
 
REVISE 
Não é todo mundo que acerta de primeira, portanto, não se sinta desanimado se sua primeira tentativa não ficar do jeito que você queria. Você pode e deve revisar esta seu CANVAS sempre, a fim de que também possa ir lapidando a sua ideia, aparando as arestas e a tornando a melhor possível. 
 
PRONTO! Com esta metodologia simples e eficiente você COLOCOU A SUA IDEIA NO PAPEL e agora todo o processo de construção do seu negócio pode ocorrer de maneira mais organizada. Já temos o ponto de partida! 


 
 
 
CORRA! A Comunidade Empreendedora está andando na velocidade das suas ideias. 

Comunidade Empreendedora
Kauana Vissotto
Kauana Vissotto Seguir

CEO do Jovem Empresário. Professora formadora da UFPR, foi autora dos livros "Abrindo o seu próprio negócio" e "Educação financeira nas escolas: uma abordagem participativa", uma parceria entre o Ministério da Educação, Prefeituras e a Universidade.

Ler matéria completa
Indicados para você